translator

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

15 Gerações Atrás

Prezados primos e primas,

No meu ultimo post, comentei sobre o pai do Carl Ferdinand Espig. O meu amigo Stefan descobrira que ele nascera em Hohenstein, mas seu pai Christian era de outro lugar.

Após uma pesquisa extensiva por parte do Stefan, finalmente ele encontrou o elo entre nossas familias. Ele descobriu que o Christian Espig nasceu ali perto no vilarejo de Lauter e, dalí em diante, foi possivel traçar 15 gerações paternas a partir de mim:


  1. Eu (Porto Alegre)
  2. Meu pai Romeu (1943, Arroio do Meio)
  3. Arvin Spich (1913, Venancio Aires)
  4. Wilhelm Espich (1872, Nova Petropolis)
  5. Carl Friedrich Espig (1837, Chemnitz)
  6. Carl Ferdinand Espig (1812, Chemnitz)
  7. Carl Friedrich Espig (1877, Hohenstein)
  8. Christian Espig (1739, Lauter)
  9. Christian Espig (1694, Lauter)
  10. Christian Espig (1656, Lauter)
  11. Balthasar Espig (1627, Lauter)
  12. Michael Espig (1592, Lauter)
  13. Michael Espig (1561, Zschorlau)
  14. Lorenz Espig (1540, Bockau)
  15. Hans Espig (1515, Bockau)

Tanto Lauter, Zschorlau e Bockau são vilarejos ao sul de Chemnitz nas montanhas Erzgebirge. Alí, segundo as pesquisas do Stefan, é o ninho dos Espig e como não podia ser diferente, de nossos ancestrais...



Lauter, durante o inverno:


Mais uma vez, gostaria de agradecer imensamente ao Stefan, nosso primo de "nono grau", pelas pesquisas que ele fez e a dedicação em fazer a genealogia da nossa familia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário